gestação

Gripeh1n1.jpeg

Ainda estamos assustados com a dengue, zika e chikungunya.

Já não bastasse isso, agora estamos diante de outro grande problema de saúde. O vírus H1N1 já é responsável pela metade dos casos de gripe registrados no país, segundo o Ministério da Saúde, mesmo em imunizados no ano anterior.

Lembro bem em 2012, grávida do Gui, que corri ao posto para tomar a vacina e em 2013, quando tivemos muitos casos no país, com ele nos braços tomando novamente a vacina.

Um vírus pode causar muitos transtornos e isso me dá muito medo. Passa mil coisas na minha cabeça, nós saudáveis corremos risco, imagina aqueles que já possuem algum problema de saúde, ou nas nossas crianças, gestantes e idosos.

Pensando nisso, não poderia deixar de escrever!!!

Vamos saber um pouco mais???

Vírus.jpegImagem Shutterstock

Não sei se vocês já viram, existem 3 tipos de vírus, o vírus A, B e C. O vírus C é o mais leve, causando infecções respiratórias brandas, não representando impacto na saúde pública e nem relacionado a epidemias.

Em contrapartida o grande vilão é o tipo A, responsável por pandemias e pela agressividade seguido do tipo B.

Mas quais são os sintomas???

Sintomas.jpegImagem Shutterstock

Os sintomas são similares ao da gripe comum.

  • Febre alta, repentina acima de 38 graus.
  • Tosse.
  • Dor de garganta (garganta inflamada).
  • Dores no corpo (muscular), fadiga.
  • Dor de cabeça.
  • Calafrios.
  • Diarréia e vômitos (em alguns casos).

Os sintomas associados, sem a procura de atendimento nas primeiras 24 horas, podem levar a pneumonia e mais grave, a falência respiratória.

A medicação apresenta maior eficácia nas primeiras 48 horas.

Como ocorre a transmissão???

A transmissão é de pessoa para pessoa e o meio é via tosse ou espirro.

Comumente pode ser via contato indireto, secreção de pessoa contaminada, PELAS MÃOS!!!! Podemos levar esse vírus a boca, aos olhos e ao nariz.

Período de transmissão

  • Crianças – até 14 dias
  • Adultos – até 7 dias

A incubação, manifestação dos sintomas, é de 3 a 5 dias.

Grupos de Risco

  • Crianças menores de 5 anos.
  • Maiores de 60 anos.
  • Pessoas com doenças pulmonares crônicas, cardiovasculares, renais, hepáticas, neurológicas, neuro-musculares, diabéticos, portadores de HIV.
  • Gestantes.
  • Residentes em instituições.
  • profissionais da área da saúde.

Como podemos prevenir???

Lavar e higienizar as mãos frequentemente, cobrir a boca e o nariz ao tossir e espirrar, usar lenços descartáveis sempreeee!!! Cuidados ao colocar as mãos no nariz, boca ou olhos. Não compartilhar utensílios e objetos tais como talheres, copos, pratos, garrafas e até mesmo toalhas de banho.

Mantenha os ambientes arejados. Evite ao máximo beijar ou cumprimentar com as mãos pessoas gripadas (se não der, lave as mãos após).

Super importante utilizar e levar consigo um fresquinho de álcool gel 71% (super fácil de encontrar e carregar na bolsa). Tenha cuidado redobrado no transporte público!!

Tomando os devidos cuidados você pode reduzir muito a possibilidade de contaminação por H1N1!

Gestante e CONTAMINADA (ou com bebezinho)

GestanteinvernoImagem Shutterstock

Pode ocorrer, infelizmente, os cuidados tem que ser redobrados!

A gestante necessita de mais cuidados e atenção, podendo ser mantida internada em caso de gestação avançada para observação, será receitado o remedinho conhecido antiviral, além de uma caprichada na alimentação e tomar muita água!

No caso das recém mamães, podem continuar amamentando seu neném! Os anticorpos passarão da mãe para o filho deixando-o mais resistente a infecções. Mamãe tome cuidado ao tossir ou espirrar perto do bebê, podendo até mesmo utilizar máscara para evitar o contágio.

Vacinação

Devido ao surtovquecestamos vendo em São Paulo e diversos outros estados, a campanha de vacinação está sendo adiantada.

A rede particular de laboratórios está com um grande movimento em busca da vacina, alguns locais já estão sem as doses.

Em Curitiba, a campanha começará em 25 de abril.

As vacinas na rede particular  e pública são diferentes. Existem 2 tipos: a trivalente e a tetravalente.

Tanto sistema público quanto particular possuem vacinas trivalente e em alguns laboratórios particulares distribuem a vacina tetravalente.

Ambas são iguais (trivalente), a tetravalente possui uma proteção a mais contra o Influenza B linhagem Yamagata.

Todas as vacinas são feitas com vírus inativados e protegem contra Influenza A e B.

Isso não quer dizer que a vacina paga seja melhor, mas sim, parece ser mais atualizada!

A efetividade das vacinas demoram alguns dias e até mesmo semanas, mesmo em quem já se vacinou no ano anterior.

Reações podem ocorrer, mas não é gripe como muitos relatam, o corpo está produzindo anticorpos é isso é reação do sistema imunológico.

Ano passado quando tomei, senti calor no local da aplicação e uma dor no braço por uns 2 dias.

Acredito sim que vale a pena esperar as campanhas de vacinação (para o grupo de risco) e dependendo de cada região do Brasil procurar clínicas particulares.

No mais, deve-se observar muito os sintomas. Se você tossir ou espirrar sem maiores sintomas, não vá ao pronto atendimento, principalmente se você não for do grupo de risco. No pronto atendimento é bem possível que tenha pessoas com vírus mais forte que o seu ou até mesmo H1N1.

Procure por locais de vacinação sem contato com pessoas doentes (clínicas ou laboratórios especializados).

Espero que tenham gostado de toda essa pesquisa e informação!!!

Até a próxima!!!!

Estávamos em Londres, voltando para o Brasil, no voo foi tudo bem, voo noturno.

Chegou a hora do café da manhã no avião e a aeromoça me perguntou: sanduíche ou ovos, pedi ovos, adoro ovos!!

Fui comendo as frutinhas, o pão e quando abri a embalagem dos ovos ARGHHH, que cheiro horrível, me embrulhou o estômago, falei para o Cassiano tirar aquilo dali e já fui falando: amor tô grávida, só pode, eu amo ovos…. Ele riu de mim e foi logo comendo, esfomeado que tava!!!!  Passado isso, tranquilo. Chegamos de viagem.

Já no Brasil há 2 dias fiquei enjoada a tarde e voltou tudo, credooo! Achei que era a comida diferente, tempo diferente, nervosismo e? Será mesmo gravidez?

Se estivesse grávida teria sei lá 1 semana? Aaahhhh tá que com 1 semana já teria sintomas…

Comprei o primeiro teste de gravidez para fazer na manhã seguinte, porém dizia que era para fazer no primeiro dia de atraso da menstruação. Mesmo assim fiz pela manhã, deixei no banheiro e o Cassiano foi lá ver 5 minutos depois e disse que só tinha um risquinho e perguntou o que era, gritei lá da cama que era negativo, continue tentando hahaha e voltei a dormir.

Passados os dias não tive mais nenhuma indisposição, mas ainda assim achava que tava grávida.

Faltando 2 dias para ficar menstruada (conforme o calendário) tive uma cólica muito forte a noite, me contorcia, isso nunca tinha acontecido. Estava certa que no dia seguinte compraria mais 1 teste de gravidez de farmácia ( nome do teste: Confirme teste compact).

testegravidez

(Foto: site www.confirme.com.br)

Fui ao supermercado pois encontraria minha mãe lá para almoçar. E aquela dúvida se comprava ou não o teste…minha mãe tava demorando muito para chegar, aí fui na farmácia e comprei, faria o teste ali ou não…baita ansiedade!!!

E lá fui eu para o banheiro do mercado (sério, que desespero com aquela embalagem na mão). Pensei, se der negativo compro outro e faço em casa.

Gente, depois do xixizinho no negócio, coloquei em cima da tampa do sanitário (eu limpei antes, até com álcool) e fiquei lá trancada, no último sanitário…

Toca o celular, era o Cassiano:

Cassiano: Oi amor onde você está?

Eu: Ah to no banheiro do Angeloni (e ri).

Cassiano: Tá fazendo o que?

Eu: (ri denovo) – Ué o que se faz… (rindo muito) – to fazendo o teste

Cassiano: E o que que deu?

Eu: Então tá aparecendo 2 riscos (rindo já empolgada)

Cassiano: Sério amor?

Eu: Aham, tô grávida.

Cassiano: Capaz mesmo, sério?

Eu: Aham e ainda falta 2 minutos p/ acabar o teste.

Cassiano: Tem que fazer o de sangue.

Eu: Vou lá pegar a guia na médica.

Minha mãe me ligou para saber onde eu estava e disse que no banheiro, ela foi até lá, usou o banheiro e quando ela lavava as mãos, falei que queria mostrar uma coisa pra ela. Mostrei o teste e ela perguntou o que era aquilo, disse que era o teste de gravidez e que tinha dado positivo. Ela sem acreditar foi falando “Ahh Claudia pare, vai ficar fazendo teste todo dia agora, nem tá grávida ainda, bem capaz mesmo.”

Confesso que fiquei muuuuiiitttooo chateada e fui saindo do banheiro, decepção hein.

Fui falando: não to então, o teste tá errado.

Almoçamos e fomos comprar algumas coisas no mercado, aí em um corredor ela puxou o assunto do teste, aí falei quer ver? Eu guardei e fui tirando da bolsa o teste (que guardo até hoje), “tá aqui ó 2 riscos, gravidez”. Daí ela riu e falou p/ ligar na ginecologista para nós pegarmos a guia do exame de sangue para termos certeza.

Passamos as compras pelo caixa, minha mãe não deixou eu carregar nenhuma sacola ( e dois dias antes carreguei 2 caixas de aquecedor a gás hahaha).

Saímos do mercado e fomos na médica, pegamos a guia e fomos direto ao laboratório. A mulher tirando o meu sangue e eu rindo!! O resultado ficaria pronto no mesmo dia!!

Que engano!!!

O site do laboratório passou o resto da tarde e a noite fora do ar!!! Que raiva, só comigo acontece isso!!!

Fui trabalhar com meus pais no dia seguinte e esqueci o papel do laboratório em cima da mesa, liguei para o Cassiano para quando ele fosse sair me ligar passando os dados para eu ver na internet. Ele não me ligou…

Foi me ligar as 09:05h e disse que estava no laboratório com o resultado. Perguntei o que tinha dado e ele falou que não tava entendendo nada.

Eu: Que número está aparecendo?

Ele: 267, o que é isso?

Eu: Qual o valor de referência?

Ele: Acima de 25 compatível com gravidez.

Eu: Então o que você acha?

Ele: Sério amor?? Você tá grávida??

Eu: (rindo muito e alto) – Aham, tô!!

Contei para a minha mãe na mesma hora, aí ela falou com o Cassiano pelo telefone.

E se não bastasse a descrença da minha mãe, ela disse: “ É, deu isso, mas tem que falar com a médica”.

Na mesma hora liguei para a Dra. e no início da tarde fomos nós 3 ao consultório : eu, minha mãe e o baby que estava com quase 30 dias!!

Chegando lá a Dra. viu o exame e falou: “mas qual a dúvida? Ela tá grávida! E rimos as 3 juntas!”

Minha mãe quase chorou, e agora crendo que realmente ela seria avó! Ela falou: “ nossa, isso é uma verdadeira benção, depois de tudo o que ela passou.”

A noite encontrei o Cassiano com um sorrisão que não cabia nele!

Durante o dia ele publicou no Facebook e várias pessoas parabenizaram. Isso que falei que era para ser segredo…

Puxa que dia mais feliz na minha vida!!!